Paz Para Os Que Promovem A Paz!

14 junho 2018

Tiago 3:18

 

O mundo vive em conflito. A Bíblia nos ensina que se queremos a paz, devemos promover a paz. Não podemos promover a guerra visando a paz. Ninguém pode esperar a paz após provocar a guerra. Na sua vida certamente que você gostaria de viver em paz, não é verdade? Mas nem sempre isso é possível. Estamos sempre em conflito com pessoas do nosso relacionamento: colegas no trabalho, esposo(a), filhos, vizinhos etc. Precisamos promover, trabalhar, lutar pela paz em nossos relacionamentos e em nossa sociedade!

I – DEVEMOS PROMOVER A NOSSA PAZ INTERIOR

Temos observado o homem em nossos dias, principalmente nas grandes cidades, como um guerreiro medieval que coloca a sua armadura e vai à guerra, diariamente. Ele vai em busca do seu alimento, da sua sobrevivência e age como se todos a sua volta estivessem em guerra contra ele. Na verdade, ele é que não está em paz consigo mesmo e por isso declara guerra a todos. Uma das melhores coisas da vida é viver em paz, é estar em paz consigo mesmo! É a paz interior, é a paz de espírito, é a paz no coração que nos leva a uma vida de felicidade. Promova, lute e se esforce pela sua paz interior para que você seja feliz. A paz interior só se conquista convidando aquele que é o Príncipe da Paz para estar conosco, vivendo em nosso coração, dirigindo a nossa vida e sendo o nosso Senhor e Salvador. O príncipe da paz é Jesus (Is 9:6)! Aonde Ele chega, vai logo ordenando: “Paz seja convosco” (Jo 20:19)! Você já convidou Jesus para entrar em seu coração?

II – DEVEMOS PROMOVER A PAZ COM O NOSSO PRÓXIMO

O fruto da justiça semeia-se em paz, isto é, a verdadeira justiça produz a paz e os justos do Senhor colherão a paz. Ninguém pode afirmar que está agindo com justiça, promovendo a guerra, essa não é a justiça que vem de Deus. Foi Jesus que nos ensinou a “amar os nossos inimigos, orar pelos que nos perseguem, caminhar a segunda milha, oferecer a outra face…” e ainda nos disse que “felizes são os pacificadores, pois eles serão chamados filhos de Deus” (Mt 5:9)! O mundo está precisando de pacificadores, daqueles que semeiam a paz. Chega de guerra, mortes, violência, injustiça, crimes, sofrimentos etc. O profeta Isaías disse: “Quão formosos sobre os montes são os pés dos que trazem boas novas, que anunciam a paz” (Is 52:7)! Você tem inimigos? Então procure-os e promova a paz. Você conhece alguém que está vivendo em guerra? Promova a paz na vida dele. Permita que o Evangelho de Jesus, as Boas Novas de paz e Salvação entre em seu coração e o faça um pacificador!

III – DEVEMOS PROMOVER A NOSSA PAZ COM DEUS

Desde o Éden, quando Adão pecou, houve a ruptura do relacionamento do homem com Deus e o homem se afastou de Deus, passando a viver em rebeldia e em guerra com o seu Criador. Veio Jesus e criou a grande oportunidade para o homem se reconciliar com Deus! O apóstolo Paulo afirmou que “todos nós fomos reconciliados com Deus através de Jesus” (Rm 5:10). O homem não foi feito para viver em guerra com ninguém, muito menos com o seu Criador, mas enquanto o homem não reconhece os seus pecados e não pede perdão a Deus por cada um deles, aceitando a Jesus como o seu Salvador, ele permanece em guerra contra Deus, contra o seu semelhante e consigo mesmo! A paz com Deus só pode ser alcançada através do Seu Filho Jesus. Pela cruz Jesus nos reconcilia com Deus, “matando a inimizade” (Ef 2:16-18). Precisamos aceitar a Jesus para que alcancemos a nossa paz com Deus. Você já se reconciliou com Deus?

CONCLUSÃO:

Em pleno século XXI com todo o avanço científico e tecnológico, com tantos anos de evolução humana, ainda somos envergonhados com países e povos entrando em guerra. Isso é ridículo, retrógrado e acima de tudo pecado contra Deus! A Guerra é inadmissível em nossa sociedade, assim como é inadmissível o homem resistir ao chamado e ao amor de Deus para aceitar a Jesus como seu Senhor e Salvador! Nós o convidamos, agora, a tomar a sua decisão de receber a Jesus como seu Salvador e assim fazer as pazes com Deus!

 

Lição de Célula Nº 862 – 11 a 17/06/2018 – Aps. Wagner & Eunice

Tags: ,